Macaúba, uma promissora fonte de biodiesel

A macaúba, uma palmeira que cresce em rodo o país, demonstrou grande potencial de produção de biodiesel, seguida por inajá e tucumã, nos primeiros resultados da pesquisa iniciada em 2007, com término previsto para 2015, pela Embrapa Cerrados, em Brasília. E mais: pode ser impregada à produção de alimentos, sem prejuízo mútuo.

Quase 80% do biodiesel produzido atualmente é proviniente da soja e, para o futuro, podem-se enfrentar problemas com a matéria-prima. Assim, o estudo financiado por Embrapa, CNPq, Finep, Petrobras e Fundação do amparo à Pesquisa do Distrito Federal procura alternativas em frutos típicos brasileiros.

Segundo o cordenador Nilton Junqueira, são estudadas espécies típicas do Brasil: Palmeiras (macaúba, tucumã, inajá, buriti e babaçu) e outras plantas, como o pinhão-manso – que não é nativo, mas está no Brasil a mais de 200 anos – e o pequi. Além do dendê irrigado, uma espécie exótica africana.

“O óleo será produzido com a vantagem de que as palmeiras permitem a entrada de lúz sobre o pasto, conservando mais a vegetação. Outro benefício é que as plantas minimizam o impacto ambiental negativo do boi, a emissão de gás metano e gás carbônico”.

Ele exemplifica com um evento hipotético: ” Se cultivarmos 20% dessa área total de pastagem do
Brasil (180 milhões de hectares) teremos 36 milhões de hectares plantados com a macaúba. Se produzirmos 1 tonelada de óleo por hectare – o que é pouco no caso da macaúba – teremos 36 bilhões de litros de óleo begetal por ano. Hoje, consumimos 43 bilhões a 45 bilhões de litros de diesel, então ficaremos bem próximos da auto-suficiência do óleo vegetal”.

Fonte: Embrapa/DF

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: